Comida x Biocombustivel.

27 de abril de 2008 at 2:24 pm 3 comentários

Resolvi falar algo sobre essa onda semanal de escassez de arroz, pois toda a área agrícola internacional começou a pensar se vale a pena tirar os grãos da mesa e encherem os tanques. Queimamos petróleo a dar com pau (temos tupi aqui para comprovar), aí o nosso querido Lula Molusco começa a dizer que temos estoque (e realmente temos mesmo) para suprir tanto a produção para combustível, como para alimentação da nossa rica e de uma condição social tão homogênea que é a da nossa população.

Agora estamos tendo uma crise mundial de falta de alimentos, Argentina e os Tigres Asiáticos (que hoje estão mais para Pumas Asiáticos devido ao crescimento), aumentaram seus impostos para a exportação de grãos, dando assim uma travada na Europa (que por sinal está adorando isso, já que são contra a esse tipo de produção de combustível) e EUA (outro também que ta tirando milho até dos cinemas para transformar em biodiesel) e culminando numa possível falta de alimentos para os próximos anos, tanto que algumas grandes indústrias produtoras do próprio arroz, já estão vendendo com um certo limite, pois a demanda está sendo muito menor que a procura.

E depois disso tudo a nossa querida África como fica? Enquanto EUA e U.E. continuam com seus protecionismos absurdos, agora começam a reclamar porque os outros países estão fazendo o mesmo!

Aqui, pelo menos segundo o nosso governo, temos reservas a níveis de pelo menos duas safras à frente. Será? Há uma projeção já para 2016 (ta perto hein) que 33.3% das zonas agrícolas serão para biocombustíveis. E aí, devemos pensar no assunto?

Anúncios

Entry filed under: Sem Categoria.

DISTÂNCIA Devagar mais tá subindo…..

3 Comentários Add your own

  • 1. Anonymous  |  29 de abril de 2008 às 12:06 am

    A África eh rica em ouro e diamantes ainda não explorados, não eh à toa que os Estados Unidos oferecem ajuda humanitária em favor do tráfico de órgãos, diamantes vendidos no mercado negro, etc…não existe pena quando falamos em capitalismo…
    Na minha opinião, os agricultores brasileiros deveriam trancar ainda mais a exportação só de sacanagem…assim o valor sobe pela pouca oferta e ganhariam um pouco mais pq o que ganham eh uma merda, quem ganha mesmo eh o governo…não sei onde o agricultor está com dinheiro no bolso…só se forem os donos de fazenda de soja no RS…

    Responder
  • 2. Wallace  |  27 de abril de 2008 às 5:43 pm

    Africa só será alvo de pena dos americanos quando descobrirem uma mega bacia de petróleo por lá… Quanto à destinação dos grãos, o governo não pode interferir na escolha do agricultor. No máximo, dar incentivos. E se vender para a indústria de combustíveis é amis rentável do que para a alimentação, a escolha será óbvia. O problema acaba virando o ovo e a galinha, pois o agricultor terá muito dinheiro no bolso, mas pouca comida na prateleira para comprar…

    Responder
  • 3. Anonymous  |  27 de abril de 2008 às 4:40 pm

    Acho que a situação não eh tão grave assim. Um exemplo é o Brasil ser autosuficiente em várias commodities. A especulação maior que eu acho que deverá estourar em breve é a questão da troca de mata nativa por abertura de pastos para a criação de bovinos, o que além de prejudicar a produção de oxigênio pelos gases emitidos pelos rebanhos, ainda contribui com o aumento do aquecimento global…

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feed-se

Pingar o BlogBlogs
Adicionar aos Favoritos BlogBlogs
BlogBlogs
Itens de Kosmidis Vá para Kosmidis galeria

Smashes

  • 169,418 Hit Combo


%d blogueiros gostam disto: